terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Em sessão extraordinária, Câmara Municipal de Iguatu aprova projetos do Executivo

Vereadores reunidos na Câmara (Foto: Daniela Lima)
O novo presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Iguatu, Mário Rodrigues realizou convocação para sessão extraordinária na última sexta, dia 06 de janeiro. O Poder Legislativo, que está de recesso, se reuniu na manhã daquele dia para discutir dois projetos de lei enviados pelo Poder Executivo. 

Um dos projetos apresentados tratava sobre mudanças na estrutura organizacional da atual administração do município. As mudanças implicava na extinção de algumas secretarias (De Políticas Públicas, Habitação e Combate a Fome e a Pobreza), na fusão da Secretaria da Controladoria que passou a incorporar a Ouvidoria) e a criação da Secretaria de Relações Institucionais. De acordo com o teor do projeto, a prefeitura visa reduzir gastos diminuindo 159 cargos, passando de 816 para 657 cargos chegando a uma economia de R$ 172 mil mensal, totalizando R$ 2.064 mi por ano em termos de redução de custos para os cofres públicos. 

Outro projeto apresentado na sessão extraordinária tratava sobre a mudança da denominação do Estádio Municipal de Futebol que antes recebia o nome de Agenor Gomes de Araújo (Argenozão) e agora ficou denominado de Estádio Antonio Moreno de Melo, voltando à antiga denominação de 'Estádio Morenão'. O objetivo do projeto, segundo a Mesa Diretora da Câmara, foi corrigir uma falha cometida pelo Legislativo quando foi construído e recebera o nome de João Elmo Moreno e depois teria sido denominado Agenor Araújo. Por conta do nome ser ainda de pessoa viva, o que a legislação não permite denominar estruturas públicas, o estádio tinha recebido o nome de Agenor Araújo (Agenorzão). 

Ambos os projetos foram aprovados pela bancada de situação que é maioria no Legislativo, sendo rejeitados pelos quatro vereadores de oposição, presentes na sessão. 

A sessão extraodinária da Câmara Municipal foi bastante concorrida e prestigiada com a presença do presidente da OAB-Iguatu, Dr. Marco Antonio Sobreira, procurador do município, Dr. Alisson Lavor, lideranças comunitárias, presidentes de entidades e a população. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário