sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Estado do Ceará tem o melhor saldo em geração de emprego dos últimos 32 meses

Ceará tem bons resultados na geração de emprego
O Ceará registrou, em julho deste ano, o melhor resultado de geração de empregos dos últimos 32 meses, com o saldo positivo de 1.871 vagas. Esse foi o melhor mês desde dezembro de 2014, de acordo com dados Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), que estão na publicação Enfoque Econômico, divulgada nesta quinta-feira (17) pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará.

Em escala nacional, o Ceará foi o estado da região Nordeste que mais gerou empregos e o quinto do país no mês de julho, atrás apenas de São Paulo (21.805 vagas), Mato Grosso (8.085 vagas), Goiás (4.745 vagas) e Amazonas (1.888 vagas). As atividades que mais contribuíram foram serviços, agropecuária e comércio.

O Estado também registrou queda na taxa de desocupação, que caiu de 14,3% no primeiro trimestre do ano para 13,2% no segundo, ficando atrás no Nordeste apenas da Paraíba, com diminuição de 13,2 para 11,4%. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), divulgados nesta quinta-feira (17) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O diretor-geral do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), Flávio Ataliba, fez uma avaliação do bom resultado do Ceará em comparação a outros estados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário